quinta-feira, 10 de abril de 2014

Corpo Perdão


A ti corpo peso perdão
Por todo o tormento
Que lhe faço passar
Quem lhe perde perdão
Sou eu o coração

Me sinto tomado por este mal
Que invadiu minha casa
Se apossou de todo o espaço
Que era livre para todos os sentimentos

Me fez perder o controle
E que no descontrole
Faço tanto mal a ti
Que recebes por meu intermédio
O sustento que lhe conserva a vida

Que nas entranhas de tua carne
Minha força se faz presente
Sempre no pulsar de sua respiração
Sou o teu coração
Que se entregou a esta paixão
Que de tão forte e desprezada
Faz a mim que faço a ti sofrer

Quisera-me poder me livrar
Desta força dominante
Que nos castiga a todo instante
Cujo nome paixão
Perdoe-me meu corpo pela escolha errada
Que nos leva a sofrer
Sou eu o teu coração quem lhe pede perdão
Por ter me entregado a este sentimento
Com todo o coração
Perdão, perdão, perdão.


Jorge Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário